PODCAST
META NEWS

Ouça agora todos os episódios do nosso podcast.
Notícias e informações de carreiras, gestão de pessoas e mercado de trabalho.

Vamos falar sobre as dificuldades da população trans, na inclusão no mercado de trabalho.

Te convidamos para uma discussão sobre o Employer Branding e a sua importância estratégica dentro das organizações.

O Modelo M.A.S.T.E.R., que baseado em diversos estudos nas áreas de Neurociência e Ciência Comportamental, busca potencializar os nossos resultados pessoais e profissionais.

previous arrow
next arrow
Slider

Acessibilidade Digital: Importante e benéfica para os negócios

Acessibilidade Digital: Importante e benéfica para os negócios

Com a chegada da chamada “Era Digital” a tecnologia passou a ser parte do nosso cotidiano. Aos poucos sua presença deixou de ser apenas profissional e acadêmica, ganhando espaço também no entretenimento, e se integrando em áreas importantes do relacionamento humano.

Quando comparamos o pré e pós internet, por exemplo, é comum afirmarmos que a tecnologia facilitou os processos e que, apesar de hoje se apresentar mais segmentada, promoveu em um primeiro momento a integração social entre grupos, que antes eram separados por barreiras físicas/culturais que não existem no meio digital.

Mas será que podemos dizer que todos estamos usufruindo desses benefícios da mesma maneira? A Tecnologia de hoje é acessível para todos aqueles com acesso a ela?

No Mês da Inclusão, e do Dia da Luta das Pessoas com Deficiência, campanhas do “Setembro Verde” incentivam a discussão sobre a inclusão e os direitos da pessoa com deficiência na sociedade; entre eles, o direito ao acesso às informações fornecidas em meios digitais.

Neste artigo você encontrará informações relevantes sobre acessibilidade digital, e seus benefícios para o universo PcD e para as empresas.

O QUE É ACESSIBILIDADE?

Antes de falarmos sobre a acessibilidade na tecnologia, é importante reforçarmos o significado do termo e sua importância.

Segundo o último censo do IBGE, realizado em 2010, é estimado que no Brasil mais de 45 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência, ou grau de dificuldade, nas condições pesquisadas; desse total, mais de 38 milhões vivem em áreas urbanas.

Esse número corresponde a 23,9% da população brasileira. Ou seja, mais de 45 milhões de brasileiros podem encontrar dificuldades para realizarem processos presentes em nosso cotidiano; e é aqui que entra a importância da acessibilidade.

Quando falamos de acessibilidade estamos falando também de equidade. A equidade se trata da promoção de condições e direitos que atendam, de forma específica, as necessidades de cada indivíduo em um mesmo processo, possibilitando uma participação igualitária e justa.

A acessibilidade garante o acesso de pessoas, com ou sem deficiências, que possam apresentar dificuldades para ocupar/participar do ambiente social.

Além disso, é importante ressaltar que acessibilidade é Lei no Brasil. A Lei Nº 10.098 garante direitos ao PcD sobre acessibilidade urbana e arquitetônica, ao transporte, e a comunicação; tendo como reforço o  Decreto Nº 5296.

TECNOLOGIA ACESSÍVEL

Ainda de acordo com os dados do IBGE, a porcentagem de pessoas com alguma deficiência empregadas no mercado de trabalho é menor quando comparada a taxa de pessoas sem deficiências. 40,2% das pessoas com pelo menos uma das deficiências investigadas estão empregadas com carteira assinada, contra 49,2% das pessoas sem deficiências.

Podemos atribuir esse porcentual às dificuldades e preconceitos que pessoas com deficiência encontram no mercado de trabalho. Essa dificuldade começa ainda na busca pela oportunidade; mesmo com a Lei da Inclusão, que torna obrigatória a acessibilidade em sites, no Brasil menos de 1% deles são totalmente acessíveis, segundo dados obtidos pela BigDataCorp em parceria com Movimento Web para Todos.

“É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”

Essa falta de acessibilidade cria barreiras que dificultam a participação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho; já que grande parte dos processos seletivos se iniciam no espaço digital. Esse cenário também se intensificou com a pandemia do COVID-19, que obrigou empresas e funcionários a utilizarem a tecnologia como principal meio de comunicação e relacionamento; fortalecendo sua presença desde processos seletivos a negociações comerciais.

Meta Tech: Recrutamento e Seleção de profissionais para a área de tecnologia

VANTAGENS PARA OS NEGÓCIOS

A acessibilidade também garante benefícios para os negócios. Uma marca que trabalha a inclusão está também promovendo a manutenção de uma reputação positiva no mercado.

Uma pesquisa realizada pela Samsung Brasil em parceria com a Bridge Research, mostrou que 85% dos entrevistados, homens e mulheres de 18 a 60 anos, apontam a diversidade como algo importante para a comunicação de uma empresa. O estudo também apontou a Inclusão como o segundo tema mais lembrado pelos consumidores; cerca de 81% dos entrevistados.

Além disso, a acessibilidade digital garante um aumento no tráfego online; já que, um site inclusivo pode receber o acesso de milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência. Garantindo assim, um retorno positivo no rankeamento da marca dentro de sites de pesquisa.

POR ONDE COMEÇAR

O primeiro passo para se tornar uma empresa mais inclusiva, dentro e fora do meio digital, é buscando apoio. Existem diversas empresas no mercado, especializadas em diferentes áreas, que fornecem os recursos necessários para a inclusão.

Um bom exemplo de empresa parceira é a HandTalk. Fundada em 2012, a empresa fornece um intérprete virtual de LIBRAS e um leitor de palavras para sites. Sua presença permite que as informações disponibilizadas sejam traduzidas para LIBRAS, e também narradas por um sistema voz.

Você pode conferir o Intérprete de LIBRAS, Hugo, trabalhando aqui no nosso site.

 

Outro passo importante para a acessibilidade digital é o uso de texto alternativo dentro das redes sociais. O movimento, iniciado pela hashtag #PraCegoVer, busca apresentar uma descrição dos conteúdos postados nas redes sociais, para que pessoas com alguma deficiência visual possam interpretar o conteúdo seguindo a áudio descrição.

Atualmente, a maioria das redes sociais como Instagram, LinkedIn, Facebook e Twitter, possuem um campo destinado para a inclusão do texto alternativo em suas postagens.

Outra forma simples, e eficaz, para as empresas que não sabem como começar a trabalhar a inclusão, é perguntando diretamente para um profissional PcD qual a melhor forma de tornar sua participação na empresa mais acessível. É importante quebrar barreiras e tabus, e buscar o entendimento diretamente com aqueles que fazem parte do universo PcD. Até porque, todas as pessoas, independente da sua deficiência, possuem necessidades específicas, que podem não ser atendidas pela regra geral.

Confira: Pessoas com Deficiência Visual e Processos Seletivos | Meta News #11

Não deixe a dúvida impedir o avanço da inclusão. A acessibilidade é um direito e um dever. Busque apoio e incentive a inclusão dentro e fora da sua empresa.

Autor: Lucas Vicente

Compartilhar:

O que você achou do artigo?

Deixe sua opinião nos comentários :)

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Slider

Inscreva-se na nossa Newsletter!

Receba as novidade do mercado de trabalho em seu e-mail.

Grupo Meta RH © Copyright 2019 – Todos os direitos reservados.

Fechar Menu
Grupo Meta RH
CADASTRE SEU CURRÍCULO

| | |

English